Festival Capoeira de Valor recebe praticantes dos EUA Equador e Chile no mês da Consciência Negra

11

Festival Capoeira de Valor recebe praticantes dos EUA Equador e Chile no mês da Consciência Negra

Novembro passado (2023), durante o período que marcou a reflexão e as ações do mês da Consciência Negra, o Coletivo Capoeira de Valor e Ponto de Cultura promoveu a 2ª Edição do Festival Capoeira de Valor. O evento foi realizado entre os dias 17 e 19 de novembro no Clube Bonfim do Jardim Chapadão na cidade Campinas e contou com a participação de coletivos de três países, e alguns Estados do Brasil.

Durante todo o sábado capoeiristas participaram de um intercâmbio cultural que contou com praticantes dos EUA, Equador e Chile. Participaram também capoeiras dos Estados do Maranhão, Minas Gerais, Santa Catarina e São Paulo.  Além das aulas e oficinas culturais de capoeira angola e maculelê, participantes e convidados assistiram as apresentações culturais como Peça Musical regida por uma bateria tradicional de berimbau acompanhadas de cantorias populares entoadas por mulheres do coletivo de Campinas. Maculelê, Puxada de Rede do Xaréu, Dança Guerreira, exibição de jogos tradicionais da capoeira angola e regional destacaram-se como parte das apresentações. A realização do ritual de batismo, troca de graduação e formatura de capoeiristas encerraram as atividades do evento.

O Festival fez parte do calendário de ações do mês da Consciência Negra da Associação Cultural e Ponto de Cultura Capoeira de Valor, que promove e difunde o ensino e a preservação do patrimônio da capoeira há mais de 30 anos no mesmo endereço localizado na região central da cidade.

A Capoeira é Patrimônio Cultural Imaterial registrado em 2008 pelo IPHAN Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, e reconhecida em 2014 como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO órgão das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Praticada em mais 170 países é a principal difusora da língua e da cultura brasileira no mundo.

O Festival contou com a participação de importantes detetores como Mestre Jogo de Dentro de Salvador, Lobão, Marcelo Caverinha, Chicote, Marquinhos de Boituva, Invertebrado, Rubinho, Macaco, Claudio, Tuim, Geusa entre outros, além dos mestres que integram o coletivo no Brasil e no exterior. Mestres convidados registraram suas participações através de depoimentos de agradecimento ao Coletivo e ao Mestre Cicero, responsável pela fundação da Associação Cultural, Ponto de Cultura e Coletivo Capoeira de Valor.

Galeria

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui